Arranca em abril a empreitada de adaptação do Antigo Quartel dos Bombeiros Voluntários para Edifício de Cultura e Inovação de Vila Nova de Cerveira, no valor de 1ME, decorridos os trâmites legais afetos ao concurso público. O investimento total da obra, integrada no Plano de Ação de Regeneração Urbana do concelho, é de 1.2ME, com financiamento FEDER através do Programa Operacional Norte 2020.

Neste momento, já estão em curso os trabalhos que visam a instalação dos Serviços Municipais de Intervenção Social (SMIS) no rés-do-chão do Antigo Quartel dos Bombeiros Voluntários, localizado à entrada do centro histórico. A Câmara Municipal de Vila Nova de Cerveira já avançou com uma primeira intervenção, dada a necessidade de desocupar os edifícios que atualmente acolhem os SMIS e a Segurança Social para a realização da 2ª fase da requalificação global da Escola Secundária de Vila Nova de Cerveira.

A obra foi dividida em duas fases, sendo que o concurso público agora adjudicado tem como objetivo recuperar a generalidade do imóvel, de modo a permitir a instalação, ao nível do rés-do-chão, da nova Biblioteca Municipal e dos serviços da Segurança Social, mantendo o funcionamento independente ou integrado do Cineteatro de Cerveira – Marreca Gonçalves e garantindo a polivalência do piso superior para fins culturais, recreativos e de associativismo.

Devido ao mau estado de conservação em que se encontra a generalidade do edifício, a intervenção consiste numa profunda remodelação interior, de modo a definir as novas valências com espaços amplos e áreas generosas, incluindo instalações sanitárias adequadas às exigências atuais, além de privilegiar técnicas construtivas adequadas e materiais apropriados para evitar o recurso a equipamentos consumidores de energias não renováveis e dispendiosas.

Além da concentração de serviços sociais essenciais num único espaço e de melhor acesso, o Presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Cerveira, Fernando Nogueira, encara a reabilitação do Antigo Quartel dos Bombeiros Voluntários como uma oportunidade para construir uma nova e moderna Biblioteca Municipal, “num espaço mais adequado à realidade atual, em termos de acessibilidade, estética e funcionalidade, libertando o histórico imóvel do Solar dos Castros para preparar uma possível candidatura para acolher o Museu da Bienal de Cerveira, em plena ‘sala de visitas’ do concelho”.

Em termos de prazos, e se os trabalhos decorrerem dentro da normalidade, prevê-se que a obra esteja totalmente concluída no final deste ano ou início de 2022.

 117 total de visualizações,  1 total hoje

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *