Caminha elabora uma aposta forte para a retoma gradual do setor turístico. A medida inovadora consiste em oferecer um almoço ou um jantar a todas as pessoas que se hospedarem num hotel ou turismo de habitação do concelho

Cada pessoa que reservar uma noite num hotel do concelho, tem direito a um voucher, no valor de 15 euros, que pode utilizar num dos restaurantes do concelho que aderiram à iniciativa. Esta é a forma do Município unir-se ao setor hoteleiro, oferecendo uma refeição a quem se hospedar em Caminha até ao final do mês de junho.

A iniciativa avança com 7 unidades de hospedagem – hotéis, aldeamentos turísticos e casas de turismo de habitação – e envolve 30 restaurantes de todo o concelho.

Miguel Alves, Presidente do Município de Caminha revelou em comunicado que

“perante uma situação excecional, criamos medidas excecionais. A ideia é poder chamar a atenção para a nossa terra, ter uma medida distintiva, sublinhar a nossa hospitalidade e oferecer uma refeição a quem se dispuser a passar uns dias, no mês de junho, nos hotéis do nosso concelho. Sabemos que esta é uma proposta arrojada. mas é isso mesmo que pretendemos, surpreender, atrair, apaixonar. Com esta medida apoiamos os hotéis que precisam de reservas já em junho como de pão para a boca, apoiamos a restauração porque estamos a comprar refeições diretamente e apoiamos todo o negócio que gira à volta do Turismo porque vamos atrair mais gente que vai consumir animação, pastelaria, cafetaria e comércio tradicional”.

A iniciativa resulta do plano de atração de turistas que o Município preparou para este período pós pandemia e envolve outras ações que serão conhecidas nos próximos dias. Uma delas passa pela colocação de outdoors sobre o concelho nas cidades do Porto e Braga e na região vizinha da Galiza. A ideia é apelar ao turismo galego logo que as fronteiras possam abrir.

 228 total de visualizações,  1 total hoje

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *