Após aprovação da candidatura de financiamento pela Autoridade de Gestão do Programa Norte 2020, irá decorrer a 2ª fase da requalificação da Escola Básica e Secundária de Vila Nova de Cerveira.

Em comunicado, o Município de Vila Nova de Cerveira revela que através de uma reprogramação do quadro comunitário, “a empreitada orçamentada em 2.3ME conta com um financiamento do FEDER (1.2ME) e do Ministério de Educação (105.882,36E), cabendo ao Município cerveirense investir cerca de 1ME. Autarquia vai proceder à abertura de um concurso público prevendo que, e após ultrapassado todo o procedimento administrativo-burocrático, os trabalhos avancem até ao final do ano.”

Relativamente às condições atuais do edifício ao longo de 25 anos, este não tinha sofrido qualquer tipo de intervenção, pelo que “já não dispunha das condições necessárias e adequadas às exigências e expectativas de um serviço educativo moderno”. Em 2018 a Câmara Municipal já tinha concretizado a 1ª fase das obras de requalificação e modernização da Escola Básica e Secundária de Vila Nova de Cerveira, no entanto já concluídas, tendo resultado num investimento municipal de cerca de 400 mil euros (100 mil euros do PDCT original e do Ministério de Educação). Nessa obra tinha sido retirado todo o amianto na construção da nova portaria na entrada sul, bem como realizado o melhoramento das condições de conforto térmico, através da implementação de um sistema de isolamento pelo exterior.

Para esta 2ª fase de requalificação prevê-se a “construção de raiz de um edifício designado como Centro de Recursos composto por biblioteca/auditório para capacidade para 119 lugares sentados, a construção de um edifício de apoio ao ensino articulado de música, a ampliação do espaço de refeitório, a cobertura dos corredores de circulação e dos espaços de recreio exteriores, o reforço das condições de segurança e de acessibilidades, bem como a adaptação à eficiência energética.”

Derivado ao conjunto de procedimentos administrativos subjacentes, prevê-se que a intervenção possa arrancar até ao final do corrente ano.

O Presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Cerveira sublinha a concretização de “uma aspiração transversal ao executivo municipal, comunidade escolar e população em geral em prol da criação de condições efetivas para uma melhor aprendizagem e formação dos nossos jovens”. Fernando Nogueira lembra que o processo foi um pouco mais demorado, “por forma a reunir consensos fundamentais de uma intervenção de grande envergadura para uma escola moderna, segura e virada para o futuro”.

Com cerca de 600 alunos, toda a requalificação da Escola Básica e Secundária de Vila Nova de Cerveira rondará, no conjunto das duas fases, os 2.7ME, após identificadas as necessidades pela autarquia e agrupamento, além das informações expressas pela Direção Regional de Educação do Norte, consensualizando numa profunda intervenção.

 449 total de visualizações,  2 total hoje

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *